Neste março, mês que marca a luta feminina por igualdade e representatividade, HAUS faz uma homenagem dando voz a algumas dessas mulheres. Mais do que uma lista, temos pessoas. Neste especial apresentamos entrevistas exclusivas que mostram os projetos, o trabalho e a influência delas.

A jornada das mulheres na arquitetura

A norte-americana Marion Mahony Griffin (1871/1961) é considerada a primeira mulher a se tornar arquiteta, graduada pelo MIT em 1894. Desde então, as mulheres conquistaram mais direitos, entraram em maior número nas universidades e, no Brasil, representam cerca de 60% dos mais de 130 mil arquitetos.

Elas nunca deixaram de atuar de forma ativa e transformadora no universo do design e da arquitetura. Pensam e repensam conceitos e edifícios, arranha-céus, criam móveis, assinam ambientes.

EXPEDIENTE
Aléxia Saraiva, Daliane Nogueira, Luan Galani, Luciane Belin e Sharon Abdalla (jornalismo)
Chantal Wagner (Infografia / Webdesign), Sophia Suh, Max de Oliveira, Gabriela Salazar (Marketing / Linguagens)